A carregar...

O RETORNO DO ACTOR

15.70 14.13

Durante dois séculos, o culto da sociedade submeteu os actores sociais às leis da Razão, da História e do Poder.

Em stock

10% de Desconto Imediato
Compre agora e ganhe 14 Pontos!
Receba entre os dias 18. Abril - 21. Abril
O RETORNO DO ACTOR
Frequentemente comprado em conjunto
24.07 21.67
28.27 25.44
16.75 15.07

Durante dois séculos, o culto da sociedade submeteu os actores sociais às leis da Razão, da História e do Poder. Não será tempo de questionar a nossa representação da vida social, de substituir uma concepção centralizada nas noções de evolução, de instituição e de participação por uma valorização das ideias de autoprodução, de movimento social e de sujeito? Esta alteração de pensamento corresponde, hoje, à passagem da sociedade industrial, organizada como uma empresa ou como um exército empenhado fundamentalmente no domínio da natureza, para um novo tipo de organização social capaz de agir mais directamente sobre os comportamentos e as relações sociais, nomeadamente por meio da produção de informações, de linguagens e de imagens. A vida social já não pode ser compreendida como a manifestação de uma essência – ou de exigências funcionais -, mas como constante invenção através dos conflitos e das negociações, das regras da vida colectiva. Esta obra deveria, talvez, segundo o autor, chamar-se «o regresso do indivíduo», porque o indivíduo é o nome do actor quando se situa ao nível da historicidade, da produção das grandes orientações normativas da vida social. Contudo a preferência pelo termo de «actor» foi porque aquele regresso se opera a todos os níveis da vida social. Porém, o essencial é, de facto, a necessidade de definir novamente o indivíduo, agora menos pela sua capacidade de dominar e de transformar o mundo, que pela distância que ele toma em relação a essa mesma capacidade, aos aparelhos e aos discursos que a desenvolvem. O indivíduo apreende-se, para lá das suas obras e contra elas, como o seu silêncio, como a estranheza ao mundo dito social e, também, como desejo de encontro com o outro, reconhecido como indivíduo. Um livro fascinante e actual, num mundo de crises, onde é urgente reconhecer a necessidade de uma renovação do pensamento social.

ISBN Oficial

9789728245597

Editora Oficial

Edições Piaget

Comentários

Não há comentários ainda.

Registrado somente em clientes que compraram este produto pode deixar um comentário.

AutorTOURAINE, ALAIN
EditoraEdições Piaget
Primeira Publicação1997
FormatoFísico - Impresso
IdiomaPortuguês
ISBN9789728245597
EAN978-972-8245-59-7
Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no nosso website. Ao navegar, o utilizador concorda com a nossa utilização de cookies.

Seleccione um ponto de entrega

Seja notificado quando o produto estiver em stock. Indique o seu e-mail abaixo
Produto adicionado!
O produto já está na lista de desejos!
Removido da lista de Desejos

Carrinho de compras

fechar